Cuidados com a pele para o verão

Quer saber mais sobre os cuidados com a pele neste verão? Então confira nossas dicas e fique ainda mais bonito para enfrentar o calor com uma pele de arrasar

O verão ainda não chegou, mas o clima mais quente da primavera já nos deixa alerta quando o assunto são os cuidados com a pele. Afinal, além do calor, estas estações trazem também um tempo mais seco, o que pode prejudicar, e muito, a saúde do maior órgão do nosso corpo.

Se preparar para a estação mais quente do ano não é tão difícil e dispendioso quanto parece, mas é mais importante do que se imagina. Segundo a dermatologista Dra. Moema Lisboa, com as altas temperaturas, a combinação de sol, mar, piscina e areia, aliadas ao suor, aumentam os riscos de algumas doenças como câncer de pele, queimaduras solares, micoses no couro cabeludo e pele, brotoejas, acne solar, manchas e sardas brancas.

“Para evitar esses riscos, é preciso redobrar a hidratação oral e tópica, evitar exposição solar entre 10 e 16hs, abusar do protetor solar (que deve ser aplicado 30 minutos antes da exposição solar e reaplicado a cada 2 horas), além de usar chapéus com aba de 7,5 a 12 cm e roupas de algodão nas atividades ao ar livre”, ensina. Além de te proteger da exposição maciça do sol, esse truque ajuda a reter 90% das radiações UV.

O ideal é lavar o rosto todos os dias pela manhã, de preferência com água fria e um sabonete antisséptico. Além disso, hidrate a pele com bom hidratante que contenha vitamina C.

Mais que fundamental, o protetor solar é item obrigatório todos os dias. Ele deve proteger contra os raios UVB e UVA, conter um fator de proteção solar (FPS) maior que 30 e devem ser adequados de acordo com cada tipo de pele. “Para pele normal e seca é indicado o protetor solar em emulsão ou creme, já que eles protegem sem deixar a sensação de repuxo. Para a pele mista é indicado protetor em gel creme, pois ele evita o aspecto de oleosidade na pele e proporciona um toque seco sem deixar resíduos, enquanto para pele oleosa é indicado protetor de textura fluida, gel ou a base de água, já que elas não obstruem os poros e com isso evitam o aspecto oleoso e a acne”, explica a dermatologista.

A hidratação diária também é uma questão muito importante, e não estamos falando apenas do hidratante e do filtro solar. No verão é fundamental redobrar os esforços para beber, no mínimo, dois litros de água por dia. E não pense que sucos de frutas, refrigerantes ou bebidas alcoólicas fazem o mesmo efeito. O ideal é consumir esta quantidade de água ou água de coco, a parte de outras bebidas, para manter seu organismo sempre nutrido e saudável.

Esfoliar a pele uma vez por semana também é importante, assim você retira o excesso de células mortas e permite que a pele respire. Você pode fazer a esfoliação em casa, com produtos faciais específicos ou buchas especiais durante o banho.

Aliás, falando em banho, o ideal é manter a água em uma temperatura mínima, mesmo durante os dias mais frios. A água quente, apesar de trazer muitos benefícios relaxantes, pode danificar ou queimar a pele, mesmo que você não sinta. Por isso, evite banhos muito quentes e demorados, assim a sua pele e o planeta agradecem.

Durante o dia, procure lavar o rosto ao menos uma vez. O ato renovará e hidratará a sua pele, tirando o excesso de poluição dos poros. Em seguida, aplique novamente o hidratante e o protetor solar, mesmo que você não saia do escritório ou de casa durante o resto do dia.

Sua alimentação também conta, e muito, na hora de manter esse órgão saudável. Tente incluir na dieta alimentos que possuam carotenóides, como cenoura, maça, abóbora, beterraba, maçã e mamão. Estes alimentos, além de serem mais frescos e leves, ajudam na prevenção de doenças como o câncer e ainda são ótimos para manter a pele bronzeada.

Evite se expor ao sol entre 10h e 16h. Além disso, após uma exposição mais prolongada, como um dia na praia ou na piscina, utilize loções pós solar para reequilibrar a pele.

Antes de dormir, retire totalmente a maquiagem e, se possível, faça aplicações de água termal. Ela nada mais é do que um potencializador de nutrição, pois é enriquecida com nutrientes e minerais contidos em rochas. Sua função é hidratar a pele e deixá-la mais elástica, nutrida e saudável, estimulando a renovação celular e ajudam a proteger de fatores externos como a poluição, por exemplo.

Para finalizar, a dermatologista alerta: nem sempre uma pele bronzeada é sinônimo de beleza e saúde. “De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia, a cada ano, 100 mil brasileiros desenvolvem algum tipo de tumor de pele, sendo a exposição excessiva ao sol a sua maior causa. Por isso, todos tem que se prevenir, principalmente os grupos de maior risco que são as pessoas de pele clara, sardas e olhos claros. Além dos que possuem antecedentes familiares com histórico da doença, queimaduras solares, incapacidade para bronzear e pintas”, destaca.

Viu como é importante se proteger? Além de uma questão de beleza, é uma questão de saúde.

E você, tem alguma dica para proteger a pele durante a estação mais quente do ano? Compartilhe com a gente nos comentários!

Deixe seu comentário