Entenda como funciona uma caixa de som bluetooth

As caixas de som wireless seguem os mesmos padrões das caixas de som convencionais, mas substituem os fios por uma conexão via bluetooth. Por isso, há quem tenha dúvidas de como essas novas caixas funcionam. Abaixo você poderá entender um pouco melhor como elas são pelo lado de dentro e descobrir como funciona uma caixa de som bluetooth.
Nessas caixas simples há uma peça conhecida como diafragma ou cone, que vibra com a saída do som. É uma superfície que se move para dentro e para fora, criando variações na pressão atmosférica e gerando o som.
No meio deste cone há um eletroímã, conhecido como bobina e também um ímã permanente que fica atrás da bobina, o qual mantém o campo magnético sem eletricidade. Ambos os ímãs dão força à caixa de som para empurrar e puxar no momento em que o som é propagado. Isso se deve aos polos dos ímãs: o sul e o norte. O ímã permanente possui sempre os mesmos polos, porém os eletroímãs podem conter polos diferentes, que se alteram conforme o fluxo de eletricidade.

Sistemas wireless e padrões de transmissão

Atualmente os sistemas utilizam a transmissão por meio do protocolo SKAA, que é um padrão de alta qualidade, o qual utiliza dispositivos portáteis como fonte de som. O protocolo trabalha na frequência de 2,4 GHz, muito utilizada por aparelhos eletrônicos sem fio, então o SKAA fez adoção de um protocolo patenteado, conhecido como WFD (Walking Frequency Diversity) para não conflitar com outros aparelhos.
Com o passar do tempo, as caixas acústicas estão sendo melhoradas. Hoje as peças são desenhadas com o uso de um software que auxilia a fazer seu melhor formato. Tais caixas possuem revestimento em cerâmica anodizada com ouro, o que melhora a alta frequência da saída do som.

Componentes de uma caixa acústica wireless

1) Driver C-CAM: É o cone condutor revestido de uma camada ultrafina de cerâmica de alumina, que tem como objetivo dissipar o calor.
2) Receptor wireless (sem fio): O receptor-base com protocolo SKAA entrega o som sem ruídos ou barulhos e fica localizado no núcleo dos alto-falantes.
3) Cúpula de ouro C-CAM: É uma modelagem avançada que rompe o som acima da faixa de frequência de 35 kHz, que é mais do que a capacidade que o ser humano consegue captar.
Esse tipo de caixa possui uma grande vantagem por não fazer uso de nenhum fio em sua conexão, simplificando assim, o seu ambiente. Assim, o usuário posiciona suas caixas onde achar melhor sem ter a preocupação de esconder os fios ou tropeçar neles.

Você usa caixas acústicas wireless com conexão bluetooth no dia a dia? Então comente com a gente a sua experiência com elas!

Deixe seu comentário