Como servir champanhe e espumantes

Toda bebida deve ser degustada da melhor forma possível e corretamente para não perder seu mais refinado gosto. Por isso, se você é do time dos que amam champagne, não somente em comemorações, te damos algumas dicas para você aproveitar a bebida do melhor jeito.

A abertura do champagne é um ritual. Em comemorações se tem o hábito de sacudir a garrafa para haver a explosão da bebida. Porém, o correto é nunca chacoalhar a garrafa, pois faz com que se perca uma parte importante do gás carbônico, que afinal, é o elemento que faz a diferença. Assim, ao abrir certifique-se de perder o mínimo possível de pressão.

>> Aprenda também a fazer drinks com espumante.

A bebida deve ser sempre servida fria. Espumantes simples devem ser servidos entre 6°C e 8°C, enquanto os safrados, precisam estar entre 9°C e 12°C. Na hora de gelar, prefira um balde de gelo com água para resfriar a bebida aos poucos, uniformemente. E enquanto estiver sendo servido mantenha-o no balde para não esquentar e perder o sabor.

Champagne

Deve ser servido em taças longilíneas/alongadas, conhecidas como flutê. Não é frescura, o formato ajuda a conservar as borbulhas e realçar os aromas. Para que a bebida não esquente rapidamente, segure pela haste.

O espumante pode tanto acompanhar comidas quanto ser degustado em coquetéis e como aperitivo. E é o tipo do champanhe que determina as melhores harmonizações. O mais versátil é o brut, que acompanha do coquetel ao prato principal, também frutos do mar e queijos. Já o extra-dry vai bem com pratos mais ácidos ou gordurosos. Para a sobremesa, prefira os demi-sec.

 

Agora que você já sabe como se servir, também já sabe onde comprar 😉 Simplifica, nós temos as melhores bebidas pra você!

Deixe seu comentário